Fórum voltado a palavra de Deus


    EVANGELISTA PESSOAL (cont.)

    Compartilhe
    avatar
    josué

    Masculino Número de Mensagens : 43
    Data de inscrição : 09/07/2008

    EVANGELISTA PESSOAL (cont.)

    Mensagem  josué em Sex Jul 11, 2008 7:06 pm

    III) O EVANGELISTA PESSOAL EM AÇÃO

    1. Requisitos para uma Evangelização Eficaz.
    a) Ore antes de sair para a evangelização
    - Deus opera em nós quando oramos;
    - Deus opera nos outros enquanto oramos;
    - Deus opera nas circunstâncias.

    b) Busque a direção do Espírito Santo.
    - Só o E.S. convence do pecado. Jo 16: 8-11.
    - Só o E.S. revela Cristo ao coração. Jo. 16:14.
    - O E.S. ensina a falar. Lc. 12:!2.
    - O E.S. lembra a palavra. Jo. 12:26.
    - O E.S. dá autoridade para falar. At. 4:33.

    c) Preparação
    - Na palavra de Deus. II Tm. 2:15.
    - Nos meios necessário: Boa literatura (leia antes o que vai distribuir), convites.

    d) Ação
    Evangelização é “Ceifar”; é “Pescar”; é ação, trabalho.

    2. Como Evangelizar
    2.1- A visita de Evangelização

    a) Procure fazer a pessoa gostar de você;
    b) Procure saber a situação espiritual da pessoa;
    c) Procure explicar o plano de salvação;
    d) Se for oportuno, faça o apelo;
    e) Em qualquer caso, CONVIDE PARA A IGREJA;
    f) Não discuta desnecessariamente;
    d) Dê ênfase a Jesus e não à igreja;
    h) Seja cortes. Saiba dizer não;
    i) Se não for oportuno, não entre no lar (num): numa festa, a família se prepara para sair, diga: posso vir em outra ocasião? “
    j) Se houver rádio ou TV ligados, perguntar se é possível baixar o volume.

    2.2- A Equipe de Evangelização

    1) Quando em equipe (não mais de 3 pessoas): só o líder fala; os outros oram em espírito e preparam-se para ler, esperando o momento de falar se necessário;

    2) Um membro da igreja pode dar seu testemunho;

    3) Ao chegar num lar, o líder apresenta a igreja e diz o propósito da visita.

    2.3- Como fazer a Introdução (uma sugestão)

    1) Após a apresentação, procure falar dos interesses da pessoa “como vai a sua família? “”estuda”; “onde trabalha?”;

    2) Experiência religiosa: “tem ido à igreja...? “;

    3) Levantamento espiritual: “Como vai a sua vida espiritual? “ “Como vai seu relacionamento com Deus? “.

    2.4- O plano de Deus para a Salvação do Homem.

    Você pode apresentar o plano dizendo: “permita-me falar-lhe sobre VERDADES ESPIRITUAIS muito importante para você”.

    1º) Deus ama você.
    Leitura: I Jo. 5:13
    Explicação: Deus ama você e quer dar-lhe certeza de vida eterna:
    Jo. 10:16; Jo. 3:16:18
    Aplicação: Hoje, você pode ter certeza de vida eterna.

    2º) Todos são pecadores e precisam de salvação.
    Leitura: Rm. 3:23; 6:23.
    Explicação: Esses versículos nos mostram.

    a) Todos somos pecadores;
    b) A conseqüência do pecado é a morte espiritual.

    - Aplicação: Você já cometeu algum pecado em sua vida? Certamente. Gl. 5:19-21 nos mostra o que é pecado. Você concorda que também é um pecador? Sim? Então, você precisa de Jesus.

    3º) A providência de Deus para a nossa situação
    Leitura: Rm. 5:8
    Explicação: Mostra-nos que Deus nos amou e que Jesus Cristo é o único Salvador, pois morreu em nosso lugar. A salvação não se consegue por obras (Ef. 2:8,9); nem por religião, batismo, anjos e espíritos, reencarnação (Hb.9:27). São Pedro disse que só Jesus salva (At. 4:12). Jesus é o único mediador: I Tm.2:3-5.
    Aplicação: “Você crêr que Jesus Cristo é o único salvador? Isto é o que nos afirma a palavra de Deus.

    4º) Nós precisamos fazer a nossa parte
    Leitura: Rm. 10:9,10
    Explicação: Este versículo mostra-nos que a pessoa, para ser salva, precisa confessar a Jesus como Salvador, crendo no seu coração, na sua mente. A pessoa para fazer isso, precisa:

    1) ARREPENDER-SE DOS PECADOS (Mc. 1:15; Mt. 3:2; II Pe. 3:9)

    2) CRER (colocar a fé em ação: Jo. 3:16; 20:31; I Jo. 5:1; QUEM CRÊ EM JESUS É REALMENTE SALVO: Jo. 5:24; II Co.5:17; Rm: 8:1).

    Aplicação: Como você vê, Jesus fez sua parte, morrendo em nosso lugar para nos salvar. E você, deseja confiar em Deus, na sua palavra e entregar sua vida a Jesus Cristo? É a única solução. Não existe outra. Você precisa fazer isso agora. (NESSE PONTO, dar uma pausa e ouvir a resposta da pessoa).

    SE ELE (A) ACEITAR:
    MOSTRE O QUE DEUS FEZ NA VIDA DELE (A).

    1º) Perdoa-o (Is. 1:18) - O faz nova criatura (II Co-5:17); Tornar-se seu filho (Jo. 1:12); Dá certeza de vida eterna (Jo. 5:24)

    ORE COM ELE(A): Diga: “Vamos orar. Ore comigo a Jesus Cristo, de coração: “Senhor Jesus Cristo...(a pessoa repete); Reconheço que sou pecador...(pausa)...; arrependo-me dos meus pecados...; Creio em ti como meu único mediador, Salvador e Senhor...; Entrego minha vida a ti....; Entra no meu coração e salva-me agora...; Amém.

    ENTREGUE O EVANGELHO DE S. JOÃO OU N.T. A ELE (A) PARA LÊ-LO.
    CONVIDE-O PARA IR A IGREJA
    CUIDE DO DISCIPULADO; EM CASA OU NA IGREJA.

    IV) EVANGELISMO PELA LITERATURA.

    O folheto evangélico é o missionário mais eficaz dos nossos tempos. Ele consegue ir a qualquer língua, ter a atenção de qualquer pessoa a ser lido em qualquer pequeno espaço de tempo, podendo semear a palavra em qualquer terra (coração). Para isso basta que ALGUÉM O ENTREGUE.

    1. Pontos a serem considerados na Distribuição de Folhetos.
    a) Conhecer o folheto e sua mensagem
    b) Entregá-lo com atitude de oração e interesse
    c) Não resistir para que alguém o tome
    d) Manter-se bem calmo em atitude de alerta
    e) Não discutir com ninguém
    f) Oferecer o folheto (com um sorriso) e com as seguintes palavras: “Boa..., quero oferecer-lhe...”ou “Boa...,aceite...”,etc.

    - Uma mensagem importante
    - Algo de importância para sua vida
    - Um recado de Deus
    - Um pequeno folheto que explica o caminho da vida eterna e etc.

    g) Dar o folheto carimbado, preferivelmente com o carimbo (endereço) da igreja local.

    h) Conhecer como guiar uma alma a Cristo.

    i) Ter folheto para os diversos tipos de pessoas (adultos, crianças, homossexuais, prostitutas, bêbados, religiosos, etc.).
    2. Ocasiões própria para distribuição de folhetos

    a) Cultos ao ar livre
    b) Trabalhos nas ruas, praças, colégios, hospitais, etc.
    c) Deixá-los nos carros e portões
    d) Em visitas evangelísticas nas casas
    e) Na porta da igreja ao término do culto evangelístico
    f) Em viagens
    g) Em cartas de evangelísmo.

    “Distribuir folhetos é um ministério eficaz e proveitoso. Na entrega de um folheto podem acontecer muitas coisas proveitosas: desde o início de uma palestra de evangelismo, até uma conversão.

    “CUMPRE O TEU MINISTÉRIO”

    V) O EVANGELISTA E O TRABALHO COM OS TRÊS TIPOS DE PESSOAS.

    1. Não - Crentes (e suas desculpas)

    a) Para mim não há solução. Deus não me aceita mais. Sou o pior dos pecadores. Is. 1:18; At. 10:34; Mt. 9:13; Lo. 19:10; Jo. 6:37; Rm. 5:6-8.

    b) Esta religião é muito fina para mim. Vou regenerar-me primeiro: Mt. 9:12,13; Lo. 15:15-22; Mt. 6:33; Jr. 13:23; I Jo. 1:7.

    c) Quando eu sentir vontade, procurarei ser crente: Jr. 17:9; Jo. 5:24, Ap. 3:20; Hb. 4:3.

    d) Toda religião é boa: eu sendo sincero é o que importa: Jo. 14:6; At. 4:12; Lc. 13:3; I Jo. 5:12.

    e) Terei de abandonar muitas coisas que aprecio: meus amigos (II Tm. 2:12; Mt. 5:10-12);
    meus prazeres (Sl. 84:11; Rm. 8:32; I Jo. 2:17), meus negócios (Mc. 8:36; Mt. 6:32,33; Lo. 12:16-21)

    f) A vida cristã é um fardo: Mt. 11:30; Pv. 3:17; I Jo. 5:3; Jo. 12-50.

    g) Deus é bom pai e não vai condenar seus filhos ao inferno: Jo. 3:18,19,36? Rm. 2:4,5; Jo. 8:21,24: II Ts. 1:7-9; II Pe. 2:4,6,9.

    h) Vou ser perseguido, zombado, observado, visado: Sl. 119:71; Lo. 9:23; Jo. 16:33; Fp. 1:29; I Pe. 2:21; Jo. 15:20; At. 5:41; Mc. 8:38, II Tm.3:12

    i) Hoje não; mais tarde; At. 17:30; Lc, 12:19,20; Js. 24:15; Pv. 29:1; Is. 55:6; Lc. 17,24.

    j) Quando eu morrer, Deus que faça comigo como ele quiser: Js. 25:16; Pv.8 35;36; Mt. 7:13,14; Jo, 10:9.

    l) Nasci na religião de meus pais, portanto, já tenho minha religião. Nela quero viver e morrer: Lc. 13:3; Jo. 3:5; II Co. 5:17; II Tm. 2:5

    m) Já sou salvo, já tenho Jesus, já sou crente: Hb. 11:6; Lc. 9:14, Jr.17:9; Jo. 3:4; Jo. 17:3.

    n) Os obstinados - não querem ouvir falar do evangelho de Jesus, Bíblia....: Hb. 10:28,29: Mt. 16:16; Pv. 29:1

    2. O Desviado

    a) Procure saber ou achar a razão por que se desviou
    - Mal tratamento ou inconsistência dos crentes
    - Ligação com o mundo que não quer quebrar
    - Falta de cuidado com a vida espiritual

    b) Após diagnosticar a causa, o ganhador de almas deve mostrar ao desviado que o senhor está pronto a recebê-lo de volta (Is. 1:18; Lc. 15:11-24) e a igreja se alegrará com o seu regresso (Tg. 5:19,20; Ap. 2:5; Lc. 15:23-24). Ele será renovado e abençoado (Sl, 51:3; Lc. 15:22-24)

    Deve também, orar com ele, caso deseje voltar (Tg. 5:19-20) acompanhá-lo a igreja, apresentá-lo ao pastor e ajudá-lo no que for necessário até que ele se firme (Gl. 6:1-2)

    c) Há duas classes de desviados, o arrependido e desejoso de voltar e o arrogante, indiferente e inscusível. O tratamento que vimos acima é para a primeira classe. Para a segunda classe o evangelista deve:

    - Mostrar o perigo do seu pecado presente: Jr. 2:13,19; Am. 4:11; Ez. 18:24.
    - Mostrar qual é o julgamento de Deus para com aquele que se desvia e não se arrepende: Hb. 10:26-31.

    3. O Crente
    a) O novo convertido - o tratamento com o novo convertido envolve o discipulado e a integração deste na igreja.

    Deve-se mostrar:
    - a certeza da salvação: Jo. 3:16; 3:36; I Jo. 5:13.
    - o batismo no Espírito Santo; Lc. 24:49; At. 1;8
    - a ceia do Senhor e o batismo em águas: I Co. 11;23-34; Mc. 16:15; Mat. 28:19,20

    - as tentações: I Co. 10:12-14; Tg. 4:7
    - a necessidade de orar e meditar na Palavra de Deus: Sl. 1:; Sl. 119; I Pe. 2:2; I Ts. 5:17,18

    Deve-se integrá-lo no seio da igreja fazendo-o participar e sentir-se à vontade nos diversos trabalhos da igreja e reuniões dos irmãos.

    b) O Crente adulto na fé - o tratamento com o crente adulto na fé deve trazer um alento para as suas lutas, seu desânimo, sua falta de fé. Os salmos e as epístolas são leituras muito apropriadas para estas ocasiões. (Sl. 23; 11.121; Sl. 46; Sl. 127; Sl. 91; Sl. 73)

    fontes:

    - Bíblia Sagrada - ARA

    - Apostilas do curso de evangelismo da ESTEADEBRN

    - Apostila de Evangelismo do IBAD

    - A Prática do Evangelismo Pessoal, Antônio Gilberto. - CPAD

    - Manual do Evangelismo, Vardir Bícego - CPAD

    LEMBRE-SE:

    QUEM GANHA ALMAS - SÁBIO É (Pv. 11:30)

    DEUS O ABENÇOE NO EVANGELISMO

      Data/hora atual: Seg Set 25, 2017 4:45 pm